quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Igreja oferece batismos especiais para transexuais

Uma igreja britânica irá oferecer batismos especiais para transexuais, após decisão feita em sua reunião anual. A New Chapel Unitarian and Free Christian, localizada na cidade de Grande Manchester, teve a mudança proposta pela líder de louvor da igreja, Jean Clements.

Clements diz que se sentiu comovido depois de conhecer um casal que teve um filho transgênero. "Me senti triste com o fato de a família estar sendo evitada por muitas igrejas tradicionais. No entanto, quando a família veio para a New Chapel, a congregação a recebeu de braços abertos", disse.

A líder de louvor descreveu sua igreja como "uma comunidade multi-geracional que está muito disposta a aceitar a mudança e o progresso", e disse que o Movimento Unitário, promovido pelo ministério, defende a liberdade, a razão e a tolerância.

A New Chapel salientou que outras capelas unitárias de distritos vizinhos "irão decidir por si próprias se querem oferecer serviços similares".

Segundo a igreja, os cultos de batismos de transexuais será "muito similar" a um batismo de adultos. Derek McAuley, chefe executivo da Assembleia Geral da igreja, disse que é "muito possível" que outras igrejas sigam o exemplo.

A igreja unitarista foi a primeiro a permitir que pessoas divorciadas se casassem novamente e tem sido receptiva aos casamentos entre pessoas de diferentes religiões.



Com informações de Guia-me | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Apóstola assegura que demônios vivem nas panelas e caixa d'agua

Segundo ela os demônios são territoriais e se alojam nas casas.
A Apóstola Sol, da Igreja Reino dos Céus já é conhecida por ser intitulada a encarnação de uma figura bíblica. Usando uma interpretação Bíblia ela afirma ser aquela que João viu na ilha de Patmos e escreveu no Apocalipse 12. Um vídeo gravado pela apóstola em agosto do último ano está chamando a atenção nas redes sociais. A líder explica como agem os demônios e convida os membros para participarem de uma libertação no "Vale do Sal".

No vídeo a apóstola revela que agosto é o mês do aniversário do diabo, por isso tantas coisas ruins acontecem neste mês. Ela também revela que alguns demônios são territoriais e se alojam em locais como guarda-roupa, em baixo da cama, nas panelas, nas paredes e até na caixa d'água.

Veja o vídeo e dê sua opinião:

 | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Incêndios desconhecidos são atribuídos a demônios no Egito

O pânico tomou conta do local, pois há relatos que extintores não são capazes de apagar as chamas.
A cidade de Mena Safour, no Egito, está em estado de alerta. Nos últimos dias, mais de 20 incêndios em residências causaram grande destruição. A série de eventos não tem causa aparente, mas deixou os moradores assustados. Muitos têm medo de ficar dentro de casa, temendo um novo ataque. Para eles os responsáveis são os “djinns”, criaturas sobrenaturais, que são chamados de “espíritos do mal”.

A polícia está investigando o caso, mas sem sucesso. Os bombeiros ficam de prontidão, para responder o mais rápido possível. O pânico tomou conta do local, pois há relatos que extintores não são capazes de apagar as chamas.

El-Saed Shabana, que teve a casa incendiada recentemente, relatou a experiência à BBC. Ele conta que as chamas começaram sem motivo aparente e se espalharam rapidamente. Em cerca de 10 minutos todo o seu apartamento estava queimado. Mesmo usando água e um extintor, as chamas não cediam. Para ele, trata-se de algo espiritual.

Shabana explica ainda que os moradores de Mena Safour têm clamado a Alá por proteção, mas que a cidade está sendo atacada por espíritos. “O pânico tomou conta… As crianças estão com medo, não estão indo à escola… Ninguém sabe quem será o próximo a ser atingido”, lamenta.

Embora algumas autoridades religiosas afirmam que há muita superstição envolvida, não houve comprovação do que teria iniciado os incêndios. Com maioria muçulmana, as mesquitas da cidade transmitem das torres orações e recitações do Alcorão.

Segundo a tradição islâmica, os ‘djinns’ foram criados antes de Adão. Depois que Alá criou o homem, esses “djinns’ se recusaram a obedecer e foram expulsos do paraíso para a Terra e tornaram-se seres perversos.

A tradução do termo para o português é “gênio”, mas literalmente djinn é “aquele que não se pode ver”. Entre seus poderes estariam a capacidade de se apoderar de pessoas e causar até a morte, semelhantemente aos demônios.

Alguns deles poderiam controlar os elementos da natureza (ar, água, terra e fogo). O espírito Iblis, que seria seu líder, muitas vezes é comparado ao Satanás descrito na Bíblia.


Com informações de Gospel Prime | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Pastor amaldiçoa lutador e pede sua morte

Lutador teria blasfemado ao dizer que daria uma surra em Jesus.
Em recente entrevista, o campeão dos penas do UFC Conor McGregor deu uma declaração polêmica. O irlandês, em seu tom provocador, disse que daria uma surra até em Jesus Cristo, o que deixou espantada muita gente. Ciente dessas palavras, o pastor Donnie Romero, da Igreja Batista (Steadfast Baptist Church) em Fort Worth, nos Estados Unidos disparou contra o lutador. 

Em vídeo publicado na internet, o pastor afirmou que pediria para Deus matar McGregor, o acertando com um raio. Ele também pediu para seus seguidores que não quer piedade para o falastrão.  "Vou pedir para Deus colocar esse cara morto. O nome dele é Conor McGregor, é um lutador do UFC, campeão. Ele está nocauteando pessoas e disse que daria uma surra em Jesus. Vou rezar para que Deus o acerte com um raio. Saberão que foi Deus e Jesus o atacaram", disparou. 

No dia 5 de março (caso o raio não o acerte), Conor McGregor entra no octógono para encarar Rafael Dos Anjos, pelo cinturão dos leves no UFC 196.


Com informações de Terra | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Relógio do Apocalipse é adiantado por causa das mudanças climáticas

Decisões de ajustar ou não o relógio são tomadas com base em especialistas, incluindo 18 vencedores do Prêmio Nobel.
O Boletim de Cientistas Atômicos (BAS, na sigla em inglês) emitiu seu alerta anual que mostra se estamos ou não próximos do apocalipse. Desta vez foi adiantado em dois minutos o “Relógio do Apocalipse”, que agora marca três para meia-noite, vivemos uma situação tão perigosa quanto a da Guerra Fria. 

A última vez em que a situação esteve tão crítica foi em 1984, num momento em que o recrudescimento das hostilidades entre os EUA e a então União Soviética ameaçavam a humanidade com uma guerra nuclear. Desta vez, a principal ameaça vem do clima.

A emissão de dióxido de carbono e outros gases está transformando o clima do planeta de forma perigosa, alertou Kennette, o que deixa milhões de pessoas vulneráveis ao aumento do nível do mar e a tragédias climáticas. Em comunicado, o BAS faz duras críticas aos líderes globais, que “falharam em agir na velocidade ou escala requerida para proteger os cidadãos de uma potencial catástrofe”.

O consultor e ambientalista Fabio Feldmann considera o alerta “bastante razoável” e destaca a falta de mobilização de governos e sociedades como o principal entrave.

Além da questão climática, o BAS alerta sobre a modernização dos arsenais nucleares, principalmente nos EUA e na Rússia, quando o movimento ideal seria o de redução no número de ogivas. Estimativas mostram a existência de 16.300 armas atômicas no mundo, sendo que apenas cem seriam suficientes para causar danos de longo prazo na atmosfera do planeta.

O BAS foi fundado em 1945 por cientistas da Universidade de Chicago (EUA) que participaram no desenvolvimento da primeira arma atômica, dentro do Projeto Manhattan. Dois anos depois, eles decidiram criar a iniciativa do relógio, para “prever” quão perto a humanidade estaria da aniquilação. Na época, a principal preocupação era com o holocausto nuclear, mas, a partir de 2007, a questão climática passou a ser considerada pelo grupo. As decisões de ajustar ou não o relógio são tomadas com base em consultas a especialistas, incluindo 18 vencedores do Prêmio Nobel.


Com informações de O Globo | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Objeto diferente de tudo que já foi visto se aproximará da terra em 2017

Objeto tem órbita estranhamente semelhante ao do nosso planeta.
Um misterioso objeto se aproximará da Terra em 2017 e cientistas não têm nenhuma ideia do que é. O objeto misterioso foi visto pela primeira vez em 1991 pelo astrônomo James Scotti da Universidade do Arizona e é referida como 1991 VG. Ele vai voar passado pela Terra no verão de 2017, quando será observável no hemisfério Sul do planeta. 

O 1991 VG é considerado diferente de tudo que já foi visto dada a sua rotação estranha e longevidade no espaço. Entre as teorias propostas há aqueles que sugerem que poderia ser uma sonda alienígena, lixo espacial ou mesmo um pequeno meteorito. No entanto, até hoje, os astrônomos não têm ideia do que ele realmente é. Alguns especialistas propuseram que 1991 VG poderia, de fato, ser uma seção do Foguete Apollo 12, mas Scotti não concorda.

Quando o objeto foi detectado pela primeira vez em duas décadas atrás, era de cerca de 10 metros de diâmetro e a uma distância de cerca de 290 mil milhas da terra - cerca de 50,00 milhas mais que a distância entre a Terra e a Lua.

A parte misteriosa sobre 1991 VG é que ele mostrou uma rápida taxa de rotação e, estranhamente, seu brilho oscilou ao longo do tempo. Esse comportamento, na época, não tinha sido visto em qualquer asteróide de tamanho similar. Curiosamente, astrônomos indicam que o objeto também tinha uma órbita que era estranhamente semelhante ao do nosso planeta.

De acordo com dois matemáticos da Universidade de Edimburgo, é muito possível que haja sondas estrangeiras que operam dentro do nosso sistema solar. Duncan Forgan e Arwen Nicholson sugerem que não podemos descartar a possibilidade de que existem naves extraterrestres dentro do nosso sistema solar. 

Em seu trabalho, Duncan Forgan e Arwen Nicholson afirmar a possibilidade de que raças alienígenas altamente avançadas estão aproveitando o campo gravitacional das estrelas para acelerar "sua" nave espacial através do espaço. Curiosamente, esta "técnica" não seria algo exclusivo de seres extraterrestres altamente avançados: de fato, nós usamos essa tecnologia para a nossa própria nave espacial. 

Com informações de Disclose | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Chamada de "Mão de Deus" formação de nuvens é registrada em Portugal

A "Mão de Deus" está de volta. Recentemente nuvens surreais apareceram sobre os céus de Portugal, se assemelhando ao formato de um "braço" gigante, com uma mão segurando uma bola de fogo.

Em janeiro de 2014, uma outra versão da chamada "Mão de Deus" apareceu, não como formações de nuvens no céu, mas como uma formação de corpos celestes no espaço sideral.

A formação de nuvens imponente, com mesclas de vermelho e dourado - devido ao nascer do sol da última segunda-feira - foi capturado em imagens pelo blogger Rogerio Pacheco, de 32 anos, uma vez que dominou o céu em toda a ilha da Madeira, segundo o site 'Daily Mail'.

Desde então, ele compartilhou a foto nas mídias sociais, depois de postar em seu blog.

"Assim que vi o céu, eu fiquei imediatamente intrigado e eu simplesmente peguei minha câmera para tirar uma foto", disse Pacheco.

Espectadores espantados têm chamado a visão de "Mão de Deus". Alguns compararam a formação de nuvens avermelhadas com a figura de um punho cerrado em chamas, enquanto outros viram nela o cometa icônico - destaque no clássico video game "Final Fantasy VII".

A imagem se une a outros "sinais celestiais", vistos este ano nos Estados Unidos e relatados pelo site de notícias independentes 'WND'.

O observatório de raios-X da NASA havia capturado em janeiro de 2014, a imagem de um objeto celeste de cor vermelha e verde, que se assemelhava a uma mão e também foi chamada de "Mão de Deus", de acordo com o 'Space.com'.

O instituto de pesquisa disse que o fenômeno científico cósmico se deu quando uma estrela explodiu e ejetou uma enorme nuvem de material espacial.

O site 'Space.com' explicou que a imagem retrata uma nebulosa pulsação de vento, produzida pelo remanescente denso de uma estrela que explodiu. Isto deixou para trás um "pulsar, que gira em torno de 7 vezes por segundo soprando um vento de partículas nos materiais ejetados".

"Como essas partículas interagem com campos magnéticos nas proximidades, eles produzem um brilho de raios-X na forma de uma mão", disse a fonte.

Os cientistas não puderam dizer se o material ejetado realmente assumiu a forma de uma mão, ou se a sua interação com partículas do pulsar o fizeram parecer assim.

De acordo com especialistas, as imagens conhecidas como a "Mão de Deus", são um exemplo de pareidolia - o fenômeno psicológico de perceber formas familiares em imagens aleatórias ou vagas.

Outras formas comuns de pareidolia incluem ver animais ou rostos nas nuvens, dizem eles.

Apesar de sua aparência sobrenatural, a imagem da "Mão de Deus" foi produzida por fenômenos astrofísicos naturais, acrescentam os especialistas.

De qualquer forma, para muitos cristãos, isso talvez não tire o caráter "sobrenatural" do fenômeno, por acreditarem que Deus ainda usa elementos da natureza e da criação para se manifestar aos homens.

Com informações de Guia-me | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Jovem diz que é uma gata presa em corpo humano

Na Europa, após a conquista de direitos iguais para homossexuais e, em alguns países, para transgêneros, outro movimento parece ganhar força. A teriantropia seria um “passo adiante” na questão transgêneros. Pessoas poderiam em nome da “construção” da sua identidade, descobrir-se um animal. Já existe até uma nomenclatura para isso: “transespécie”.

O caso mais recente a receber atenção é o de uma mulher na Noruega chamada Nano. Aos 20 anos ela acredita que “nasceu na espécie errada” e afirma que, na verdade, é uma gata presa em um corpo humano.

O canal NRK P3 mostrou em reportagem especial o caso da mulher, que se veste com orelhas de gato e um rabo falsos. “Fui um gato toda a minha vida, mas só assumi aos 16 anos quando médicos e psicólogos descobriram o que havia “dentro” de mim”, disse ela.

Para a jovem, é um “defeito genético”. Com aceitação da família, em casa ela anda de quatro e fica ronronando e miando. Afirma que tem medo de cachorros e que já tentou caçar ratos. Acredita ainda que tem a audição e a visão aguçada dos felinos.

Questionada sobre seu estilo de vida, ela quer aceitação da sua condição. Asseverou que “É cansativo, mas você se acostuma a viver com os instintos de gatos”. Explica que já recebeu ajuda de psicólogos, mas decretou: “vou ser gato toda a minha vida.”


Com informações de Gospel Prime | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Palavra

Palavra

Palavra
Palavra

Rodas de Conversas

Quem vai virar crente?

É polêmico

Informe Armagedom

Variedades

Direto do Inferno


Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates