Oportunidade para quem deseja estudar

O FIES 2021 traz a oportunidade para quem deseja estudar. Os candidatos que desejam se inscrever pode acompanhar pelo artigo. Quer saber como participar do FIES 2021? Veja mais detalhes logo abaixo.

FIES 2021

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) faz parte do Ministério da Educação. O projeto tem como objetivo financiar os cursos superiores.

✓ Buscando oportunidades? Saiba como conseguir uma bolsa de estudos:

Educa Mais Brasil 2021

Quero Bolsas 2021

Através do programa é possível iniciar os estudos superiores não gratuitos. Entra na categoria também os cursos que possuem avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Ao contrário do SISU 2021 e PROUNI 2021, durante o período dos estudos, o aluno tem direito a um financiamento e pode pagar mensalmente. O programa permite pagamento mensal conforme valor da coparticipação.

A quantia corresponde à parcela dos encargos educacional não financiada!

NOVO FIES 2021

Recentemente o programa foi atualizado e teve alterações entre as duas modalidades. Através do novo FIES 2021 é possível juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Com isto o Fies tem três modalidades de financiamento:

MODALIDADE I

Destinada à oferta de vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa o aluno paga as prestações pelo seu limite de renda e os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam.

MODALIDADE II

Destinada às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

MODALIDADE III

Destinada a todas as regiões do Brasil com recursos do BNDES. Assim como a modalidade II, será destinada para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

REQUISITOS DO NOVO FIES 2021

Para participar do FIES 2021 é necessário que o candidato esteja dentro das exigências da instituição. Para garantir sua participação o candidato deve:

 

Tenha participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a zero;

Possua renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

CRONOGRAMA FIES 2021

O cronograma foi apresentado da seguinte forma:

  • 19/02 a 02/03: Inscrições nas modalidades FIES e P-FIES;
  • 05/03: Resultado da pré-seleção e lista de espera;
  • 12/03: Resultado da pré-seleção para a modalidade P-FIES;
  • 06/03 a 08/03: Complementação de inscrição no FIES Seleção de alguns candidatos pré-selecionados;
  • 06/03 a 30/03: Período de complementação de informação pelos candidatos que estavam na lista de espera e que foram pré-selecionados.

Caso saia alguma atualização do FIES 2021 vamos inserir no artigo.

INSCRIÇÕES FIES 2021

O processo de inscrição FIES ainda não está disponível. Para garantir a sua vaga é preciso fazer pela internet. Para garantir sua vaga no FIES 2021 veja as etapas apresentadas logo abaixo. Confira:

  • Quando estiver disponível o candidato deve fazer sua inscrição, nesta página;
  • Em seguida deve ir à opção “Fazer minha inscrição”;
  • Preencha o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Data de Nascimento;
  • Código de Segurança;
  • Por último clique em “Prosseguir”.

DÚVIDAS FIES

Caso fique qualquer dúvida ou você precise de mais informações sobre o FIES 2021 utilize os canais a seguir:

Central de Atendimento: 0800 616161 ou envie uma mensagem, entre aqui.

Abono salarial que é direito dos trabalhadores que trabalham em empresas privadas

Esse abono salarial que é direito dos trabalhadores que possuem carteira fichada em empresas privadas, podem acontecer de ter pagamento atrasado. Caso você esteja com o seu PIS atrasado 2021, saiba aqui neste post qual procedimento tomar. Abaixo, mais informações sobre o PIS atrasado 2021!

Saiba mais sobre o PIS

O Programa de Integração Social – PIS, é um benefício concedido pelo Governo Federal aos trabalhadores de iniciativas privadas.

O pagamento deste benefício é feito todos os anos, onde os beneficiários conseguem identificar a data de recebimento através de uma tabela divulgada pela Caixa Econômica Federal, onde o prazo é estabelecido pela data de nascimento do empregado.


PIS atrasado 2021

Apesar de ser um benefício bastante aguardado pelos trabalhadores que tem direito, muitos deles perdem a data de recebimento, fazendo com que fique com o PIS atrasado 2021.

Mas e agora? Será que tem como ainda receber?! A resposta para essa pergunta infelizmente é não!

Uma vez que, a data de pagamento do PIS 2021 é estipulada na tabela divulgada anualmente pelo Governo Federal juntamente com a Caixa Econômica.

Sendo assim, os beneficiários só podem sacar o valor pago dentro do prazo de pagamento.

Quando o prazo é encerrado, a verba volta para o  FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador não sendo mais permitido a retirada desse dinheiro.

Atenção! É importante lembrar que, caso você tenha perdido a data de recebimento deste benefício, saiba que no ano que vem não receberá os dois benefícios. Isso porque o valor pago pelo PIS não é acumulativo. Neste ano, você receberá apenas o vigente.


É possível receber o PIS atrasado 2020 por problemas no RAIS?

Todos os trabalhadores de empresas privadas devem ter seus dados devidamente cadastrados e atualizados no RAIS. Quem faz esse cadastramento e atualizações é o empregador.

Caso o empregador não tenha enviado as informações necessárias do trabalhador para as autoridades cabíveis, e o beneficiário deste abono salarial perde o prazo de recebimento devido à não atualização, eles tem direito ao recebimento do PIS daquele ano.

Para obter o resgate deste momento, o ideal é que seja realizado um acordo entre o trabalhador, o empregador e a Caixa Econômica Federal.  Após o acordo, será possível receber o PIS atrasado 2021.

Para saber a data de recebimento, é necessário que o trabalhador seja informado pela própria empresa.

Importante! Só poderão receber o PIS atrasado 2021 aqueles que não tiveram suas informações enviadas para o Governo pelo empregador.

Em casos de esquecimento, perca do prazo, sendo culpa do trabalhador, não terão direito a receber este benefício.


Calendário de pagamento PIS 2021

Para que os beneficiários deste Abono Salarial 2021 verifiquem o prazo de pagamento, o Governo Federal juntamente com a Caixa Econômica atualiza e divulga anualmente uma tabela.

Esse calendário do PIS 2021 serve como uma espécie de calendário, onde é possível verificar a data e o prazo máximo que o benefício estará disponível para saque na conta do próprio cidadão.

Ela é organizada de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores. Abaixo, confira a tabela que está em vigor:

Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta Podem sacar até
​Julho ​26/07/2019 ​​25/07/2019 28/06/2020
Agosto ​16/08/2019 ​​15/08/2019 28/06/2020
Setembro ​13/09/2019 ​​12/09/2019 28/06/2020
Outubro ​18/10/2019 ​​17/10/2019 28/06/2020
Novembro 20/11/2019 ​14/11/2019 28/06/2020
Dezembro ​13/12/2019 ​​12/12/2019 28/06/2020
Janeiro ​​17/0​1/2020 16/01/2020 28/06/2020
Fevereiro ​​17/0​1/2020 16/01/2020 28/06/2020
Março ​​21/02/2020 ​​20/02/2020 28/06/2020
Abril ​​21/02/2020 ​​20/02/2020 28/06/2020
Maio ​​14/03/2020 13/03/2020 28/06/2020
Junho ​​14/03/2020 13/03/2020 28/06/2020

 


Como receber o PIS 2021?

Querendo saber como consultar o PIS 2021? De responsabilidade da Caixa Econômica Federal, o valor pago por este benefício pode ser sacado em apenas uma agência da Caixa ou em Lotéricas.

No momento do saque, o trabalhador deverá ter em mãos o cartão cidadão juntamente com o documento de identidade.

Secretária do Estado de Educação PA abriu novas vagas para à realização da pré-matrícula

Matrículas 2021 Pará – A SEDUC (Secretária do Estado de Educação) PA já abriu novas vagas para à realização da pré-matrícula 2021 para os alunos que pretendem cursar o Ensino Fundamental ou Médio nas escolas públicas do Estado. Leia mais.

Geralmente, na época de pré-matrícula os servidores do governo ficam instáveis, por conta do alto número de acessos, por isso, ressaltamos à importância de ter uma noção básica dos passos necessários, evitando assim, perder a vaga.

Matrículas 2021 Pará: Como são feitas?

As matrículas deverão ser concretizadas em alguma instituição de Ensino do Estado, detalhe, na instituição escolhida no momento da pré-matrícula. E como bem sabemos, quando novas vagas são disponibilizadas logo lotam, por isso é importante que você realize uma pré-matrícula online.

A pré-matrícula não é obrigatória, mas importante, e é feita diretamente no site oficial da SEDUC PA, na qual você irá preencher alguns dados importantes, garantindo assim a vaga do seu estudante.

Vale ressaltar que geralmente são disponibilizadas quase 200 mil vagas que são divididas entre os 144 municípios do Estado do Pará. Detalhe, 200 mil vagas parecem bastante, né? Mas vale lembrar, que o Estado conta com 8 milhões de habitantes.

Pré-matrícula 2021 Pará – quem pode fazer

E como introduzido acima, por conta dos altos índices de habitantes e das poucas vagas disponibilizadas se compararmos com o total de habitantes, a SEDUC PA decidiu criar um novo meio de auxiliar os responsáveis à matricularem seus filhos nas escolas do Estado.

Para você realizar a pré-matrícula será necessário somente um aparelho (Celular ou Computador) com acesso à Internet e portar os seguintes documentos consigo:

  • Nome completo do estudante
  • Data de nascimento (do aluno)
  • Nome completo da mãe (do estudante)
  • Endereço completo e CEP

Caso você prefira, é possível realizar sua pré-matrícula utilizando o telefone convencional, iremos explicar isso no próximo tópico. A pré-matrícula Pará será realizada para os seguintes anos de Ensino: Fundamental I e II, Ensino Médio I, II e II, EJA e Ensino Médio Indígena.

Como fazer?

Para você realizar sua pré-matrícula é bem fácil e rápido, opte sempre pelo horário da manhã ou noite (caso você vá fazer pelo site oficial) pois são os horários que os servidores do Governo estão menos lotados.

Pegue os dados citados acima, ligue seu aparelho e siga os nossos passos, se tudo der certo, em menos de cinco minutos você terá garantido sua vaga na Rede Pública do Estado do Pará.

  • Entre no site oficial da SEDUC PA clicando neste link.
  • Desça até o final da página e clique no link azul “Faça a sua pré-matrícula” ou clique aqui caso prefira.
  • Escolha as modalidades disponíveis de pré-matrícula (Fundamental, Médio, EJA…)
  • Preencha o formulário com os dados solicitados.
  • Finalize e visualize as datas oficiais da matrícula.

Geralmente o site fica fora do ar quando o período de pré-matrícula está fechado, mas caso o período esteja aberto, é somente uma súbita lotação, basta você recarregar a página até conseguir entrar.

Caso você opte por realizar sua pré-matrícula via telefone, basta discar o seguinte número 0800 280 0078 e apresentar os mesmos dados acima para à atendente. Detalhe, os horários de atendimento são: Segunda-Sexta, das 8h-18h.

Dicas na pré-matrícula

Siga algumas dicas para realizar a sua pré-matrícula sem maiores problemas:

  1. Escolha horários diferenciados. Os horários de 09 às 12 horas e de 14 às 19 horas, são os horários mais concorridos. Portanto, você terá maior facilidade em horários diferentes.
  2. Ao preencher o formulário com suas informações, NÃO UTILIZE acentos nas palavras e nem caracteres especiais. Ex: ([email protected]#$%*~^’`”:;éáçã);
  3. Dê preferência em utilizar os navegadores FIREFOX (MOZILLA) ou CHROME. Você pode baixar e instalar a partir dos links abaixo:

Observações

Caso o aluno possua alguma deficiência física ou mental, favor apresentar os documentos oficiais que comprove isso no ato da matrícula, para assim, receberem os direitos e benefícios obrigatórios.

As matrículas acontecem em ordem, primeiramente, será a confirmação dos novatos que realizar a pré-matrícula, depois, a confirmação dos novatos com deficiência e por último, os demais alunos.

Além disso, primeiramente ocorre à confirmação dos novos alunos do Fundamental I e II, somente após o término dessa etapa, que irá ocorrer com os alunos do Ensino Médio.

Matrículas de cursos de idiomas estão abertas para alunos da rede

PRONATEC Senac PR oferece diversos cursos profissionalizantes gratuitos por meio do programa do governo Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, em Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Apucarana e muitas outras unidades Senai no Paraná.

Estão sendo oferecidos o total de 66 cursos para formação em diversas áreas como curso de informática, panificação, fabricação de móveis, cursos na área de mecânica e muito mais, são todos voltados para a formação profissional de trabalhadores para atuar no setor industrial do Paraná.

Os cursos oferecidos no Pronatec 2021 se destinarão à formação de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, trabalhadores que recebem seguro-desemprego e ainda estudantes que estão regularmente matriculados no 2º ou 3º ano do ensino médio, desde que estejam matriculados no ensino médio de escolas públicas ou alunos que estejam matriculados no EJA- Educação de Jovens e Adultos.

Os alunos selecionados para realizar os cursos de Pronatec receberão lanche, transporte e material didático gratuito. Os cursos do Pronatec terão carga horária de 160 horas, o mínimo de horas de participação nas aulas proporciona que em pouquíssimo tempo, o aluno consiga habilitação profissional e preparação para atuar no mercado de trabalho.

Ao todo são 20.000 vagas, as vagas estão distribuídas nas cidades de Paraná Os cursos oferecidos são para formação de industrial de mecânica, panificação, informática, construção civil, vestuário, gráfica, elétrica, administrativa, madeira e mobiliário. Para se inscrever os interessados podem procurar a unidade do Senai -PR mais próxima, ser trabalhador, estudantes do ensino médio ter no mínimo 16 anos de idade.

Programa Social Melhora a Qualidade de Vida dos Beneficiários

Em Lagoinha, povoado do município de São Gabriel, situado no Território de Irecê, o agricultor Antônio dos Santos, 45 anos, mostra os primeiros resultados da aplicação dos recursos do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, no âmbito do Plano Brasil Sem Miséria (PBSM).

Com R$ 1 mil da primeira parcela, ele investiu na construção de uma pequena lanchonete e comemora a renda mensal de R$ 200 com o novo negócio e a Bolsa Família. Agora eu posso pagar o curso de informática da minha filha, que é R$ 50, e faço a feira. Agora, com o dinheiro do Plano consegui investir em meu próprio negócio, e não tem nada melhor do que ser patrão de si mesmo, diz o agricultor, que vive com a esposa e três filhos.

O PBSM é executado pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria da Agricultura, por meio da prestação de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). Para a pedagoga e técnica da EBDA, Edna Maria Vieira, o agricultor Antônio dos Santos, é um empreendedor. Ele é muito inteligente, pois visualizou na região o potencial econômico para a venda dos salgados. Começou a comercializar os produtos em barracas emprestadas nas festas da região, e assim resolveu construir a lanchonete. Sem dúvida, há uma perspectiva de melhora grande na vida dessa família, enaltece.

No local, com três mesas, a família comercializa pastel, coxinha e enroladinho, produzidos pela esposa do agricultor. Ainda de acordo com Antônio a segunda parcela de R$ 700 do PBSM será aplicada na compra de um balcão. Eu não vou parar. Quero crescer cada vez mais, e neste sentido, a EBDA nos direciona para o melhor caminho, expõe.

Inclusão Produtiva e social – A inclusão produtiva e social rural é um dos focos de atuação do Plano Brasil Sem Miséria, programa criado pelo governo federal, em junho de 2011, para superar as condições de pobreza extrema no País até 2014. O Brasil Sem Miséria é direcionado aos cidadãos que vivem em condições de extrema pobreza, que tem renda familiar de até R$ 70, por pessoa.

Uma das ações do Plano é a assistência técnica, individualizada e continuada, de 253 mil famílias, no país. No plano ainda consta o fomento de R$ 2,4 mil, por família, ao longo de dois anos, para apoiar o aumento da produção e a comercialização excedente dos alimentos. O pagamento é efetuado por meio do cartão do Bolsa Família.

FONTE: https://calendariobolsafamilia2021.com/.

Importância dos serviços do Detran para o estado

O DETRAN – Departamento Nacional de Trânsito é um órgão responsável principalmente pela fiscalização, regulamentação e normalização do trânsito dentro de sua respectiva jurisdição, neste caso, as jurisdições são os estados brasileiros. É um órgão que faz parte do Poder Executivo da lei, ou seja, é regulado pela constituição federal e executado em todo o território nacional, em um regime de Autarquia, ou seja, cada jurisdição exige poder sobre ela mesma. O DETRAN em cada estado possui suas próprias leis e formas de execução, estando sobre sua autoridade a criação e modificação de tais.

O trânsito do estado de Rio Grande do Sul teve sua origem ligada a Inspetoria Geral da Guarda Civil e de Veículos, transformando-se em Departamento em 1969, sendo reestruturado para melhor atender a população. O principal objetivo do departamento é gerar um trânsito seguro e cômodo para todos os seus constituintes, assim como o Seguro DPVAT fazendo como via, cuidar de todos os exames de concessão da Carteira Nacional de Habilitação, fiscalizar e normalizar os documentos dos veículos emplacados no estado e sinalizar ruas e estradas situadas dentro de sua jurisdição.

Em sua estrutura, o DETRAN pensa no atendimento rápido e fácil para a população, e por isso possui além de diversos postos de atendimento em todo o território de Rio Grande do Sul, postos credenciados ao departamento e Circunscrições Regionais de Trânsito, a fim de conseguir atender com facilidade e comodidade toda a população do estado.

FONTE: https://dpvat2021.com/.

Esporte e educação mobilizam crianças e adolescentes em São Paulo

Esporte e educação mobilizam crianças e adolescentes em São Paulo. Desenvolvido pela Universidade Federal de São Paulo, Projeto “Quixote” usa atividades esportivas e oficinas artísticas para estimular 350 alunos a voltar às salas de aula. Entrevista com o coordenador do projeto, professor Auro Lecher.

Associação Universitária Icoense coloca em prática o projeto “Criança e Esporte”, que disponibiliza aos alunos materiais e equipamentos esportivos e recreativos em horários diferentes das aulas normais. Os professores são treinados para transformar a escola em uma grande brincadeira. Entrevista com o professor de educação física, Argelim Lima.

Se você deseja concluir o ensino fundamental ou médio deverá realizar as inscrições Encceja 2021, um programa que oferece a você a opção de concluir seus estudos, para receber seu diploma será preciso acertar um número de questões mínimas, realize a inscrição o quanto antes e aproveite essa oportunidade!

Projeto “Esporte Talento” envolve 500 crianças carentes em práticas recreativas. O projeto faz parte da parceria entre o Centro de Práticas Desportivas da USP e o Instituto Airton Senna. Entrevistas com o coordenador do projeto, professor Edson Bacâni, e com a diretora do Instituto Airton Senna, Viviane Senna.

Meteorologista Luiz Cavalcanti explica como são as estações dos anos, em especial o verão.

Luiz Alberto fala sobre as queimaduras provocadas pela exposição ao sol.

Escola Brasil sorteia 50 bolas para os ouvintes que responderam a pergunta “Qual é o programa de rádio no Brasil totalmente voltado para a educação fundamental?”.

O cantor e ex-professor de educação física Tony Garrido manda mensagem aos ouvintes do Escola Brasil.

Como ampliar o prazo de financiamento estudantil?

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação que garante ao aluno o financiamento dos seus estudos. O programa é destinado para o financiamento da graduação na educação superior para os estudantes que estão matriculados em cursos superiores de instituições privadas.

Desta forma, o aluno do FIES 2020 só começa a pagar depois de concluir seu curso. As taxas de juros do financiamento passaram a ser de 3,4% a.a., com período de carência de 18 meses e o período de amortização para 3 (três) vezes o período de duração regular do curso + 12 meses.

Documentos Necessários para Inscrição FIES 2020

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) é o Agente Operador do Programa para contratos desde 2010. No FIES o financiamento pode ser feito em 100%, e as inscrições passaram a ser feitas em qualquer período do ano.

Cursos financiados

O financiamento pode ocorrer se:

Apresentar conceito acima ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Além disso, é preciso que seja ofertado pela intuição que participa do FIES;

Cursos presenciais precisam ter média igual ou acima de três no sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), dentro das instituições inscritas;

Apenas se encaixa no programa os cursos que não tem avaliação no SINAES, porém, estão autorizados para funcionamento.

Documentos Necessários

Para confirmação é preciso apresentar os seguintes documentos FIES 2020:

Para o aluno:

  • CPF e caso for menor de idade, CPF do responsável legal;
  • Documento de identificação com foto;
  • Para casados, é necessário apresentar a certidão de casamento, assim como CPF e RG do seu marido / de sua esposa;
  • Comprovante de residência;
  • Documento de Regularidade de Inscrição (emitido pela CPSA).

O FIES não precisa de fiador nos casos de:

  • Alunos bolsistas parciais do Prouni;
  • Alunos matriculados em cursos de licenciatura;
  • Alunos que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio.

De qualquer forma algumas empresas apresentam suas próprias regras, portanto, pode exigir um fiador, por isto, os documentos do FIES são:

  • CPF;
  • Certidão de casamento;
  • Comprovante de Residência;
  • RG ou algum documento de identificação com foto;
  • Comprovante de rendas.

Inscrição

No site é possível ter todas as informações necessárias. Para se inscrever para receber o financiamento, confira a seguir:

O usuário preciso fazer pela internet através do Sisfies (sistema informatizado do FIES), ou pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE.

Inicialmente o aluno irá fazer o cadastro de primeiro acesso ao sistema. Entre aqui para ir à página de cadastro no Fies:

Depois coloque o número do seu CPF, sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido, e uma senha que será utilizada para você acessar o sistema;

  • Documentos Necessários para Inscrição FIES 2020
  • Preencha os campos seguintes e clique em “enviar”;
  • Ao receber a mensagem de confirmação, finalize a inscrição no Fies Seleção e insira dados pessoais, do seu curso e da instituição.
  • Na pré-seleção, entre no Sisfies para efetivar sua inscrição, e coloque os dados sobre o financiamento;
  • Conclua a matrícula na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA);
  • Para finalizar e validar o financiamento vá ao Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

Não pode fazer inscrição no FIES:

  • Estudante que não tenha sido pré-escolhido pelo MEC;
  • Concluiu algum curso de educação superior;
  • Recebe benefício integralmente pelo ProUni;
  • Participou do ENEM e teve uma nota inferior a 450 pontos.
  • Apresenta uma renda familiar mensal maior do que dois salários-mínimos federais.

Central de Atendimento

Depois de saber os documentos necessários para utilizar o simulador FIES, se o aluno tiver dúvidas, é possível esclarecer através da Central de Atendimento FIES.

O telefone FIES disponível é:

  • Central de Atendimento – 0800 61 61 61.

Receita define que desconto de INSS não inclui vale-alimentação

Chega o mês de abril e todo mundo começa a se questionar: quem deve declarar IRPF 2021? Será que eu preciso? Como fazer isso?

Apesar de acontecer anualmente, a declaração do imposto ainda é uma incógnita para muitas pessoas. Existem algumas que preferem pagar para que outra pessoa faça, porque não sabe nem por onde começar.

Mas trouxemos agora um conteúdo muito importante e prático explicando quem deve declarar imposto de renda. Você vai entender quais são os critérios que fazer da declaração uma obrigação. Acompanhe.

IRPF 2021

Todos os meses, os trabalhadores brasileiros pagam impostos em suas folhas de pagamento. O imposto de renda é um deles, e é destinado ao governo através da receita federal.

Esse recolhimento acontece de acordo com a tabela IRPF 2021, que define qual é a alíquota, ou seja, o percentual, que deverá ser cobrado para cada salário.

Quem deve declarar?

Uma vez ao ano, todos os trabalhadores e contribuintes precisam descrever os seus rendimentos para que o imposto de renda seja conferido. É uma prestação de conta do cidadão com a receita, que acontece nos meses de abril e maio.

Isso é o imposto de renda, e esse é o motivo de sua declaração, que deve acontecer todos os anos. Mas afinal, quem deve declarar IRPF 2021?

Saiba quem deve declarar o imposto de renda 2021:

O imposto deve ser declarado todos os anos, conforme as datas divulgadas. No entanto, existem alguns casos em que a declaração se faz obrigatória. Veja quais são eles:

  • Pessoas que recebera, valores tributáveis acima de R$ 28.559,70. Neste ponto são considerados salários, aposentadoria, pensão, entre outros;
  • Recebeu valores não tributáveis superior a 40 mil reais. Aqui podemos destacar indenização trabalhista ou rendimento de caderneta de poupança;
  • Atividade rural com receita bruta superior a R$ 142.798,50;
  • Pessoas que possuam bens com cálculo de valor superior a 300 mil reais;
  • Acionistas da Bolsa;
  • Pessoas que vieram morar no Brasil definitivamente;
  • Pessoas que tiveram ganho de capital na venda de bens e direitos e pagou imposto.

Lembrando que quem não faz a declaração pode ser multado, e ainda tem o seu CPF pendente de regularização. Na prática, isso significa que a pessoa não poderá, por exemplo:

  • Fazer empréstimos;
  • Obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel;
  • Tirar passaporte;
  • Prestar concurso público, entre outros.

Funções do Site do INEP

Para simplesmente conferir o resultado da prova do Enem 2020 basta acessar a página oficial do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) em –http://www.inep.gov.br/, e lá você vai encontrar todas as informações necessárias e o resultado da prova e obter outras informações sobre o que você desejar e muito mais.

Você também pode ver o gabarito pelo site do MEC (Ministério da Educação). Como todos sabem, o Enem é o maior exame do Brasil, é onde verificamos a qualidade da nossa educação e onde é claro, são distribuídas bolsas totais ou integrais a universidade brasileira assim sendo você terá com toda a certeza absoluta o maior e melhor futuro possível, e é claro, gastando muito pouco pra conseguir isso, na maioria das vezes quase nada, tudo depende de você, dos seus estudos e de como você irá se sair na prova do Enem, que quem está acabando o ensino médio é matriculada automaticamente e sem precisar pagar qualquer taxa, quero deixar claro que quem estuda em escolas públicas.

As inscrições para o Enem 2019 começaram no dia 23/05/2019 e vão até 10/06/2019. As provas serão nos dias 22 e 23 de outubro de 2019. Já o resultado final só deve ser divulgado no início do próximo ano, quando serão abertas as inscrições para o SISU (Sistema de Seleção Unificada) e para o Prouni (Programa Universidade para Todos). Para consultar o seu desempenho, o estudante precisa visitar a página do Enem/Inep e fornecer uma das seguintes informações:

  • Número de inscrição e senha
  • Número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha

Desta forma você terá acesso ao seu desempenho nas provas de 2019. Dados acima coletados do site do Inep, que foi passado acima.