segunda-feira, 20 de julho de 2015

Thalles Roberto: O perdão e as marcas de uma atitude não pensada

Thalles-perdao-atitude
Pior que perder Thalles seria ver milhões de pessoas transferindo seus gostos e desejos para o mundo secular.
O mundo gospel parou para ouvir Thalles, um apanhado de declarações que soaram como muito absurdas para os cantores gospel. O cantor gravou vídeos tentando explicar as coisas e até reclamando da repercussão, mas ele mesmo há de convir que foi um desprestígio a quem está há muito mais tempo no cenário da música gospel, como Cassiane e Aline Barros.

No meio de tanta polêmica estão os cristãos. Alguns, ao ver escândalos envolvendo pessoas que admiram podem ter a sua fé abalada, ou achar que devem seguir um mau exemplo. A avaliação nesse caso é importante, pois acima das polêmicas e das disputas por preferencia entre cantor A ou B estão vidas que não devem ser afetadas se o CD de um cantor deixar de ser gravado ou se ele trocar a vida cristã pelo mundo secular.

Seria algo triste, com certeza, se Thalles deixasse o mundo gospel. Mas, pior seria ver milhões de pessoas transferindo seus gostos e desejos para o mundo secular, um "desconvertimento". Ou um desprestígio a cantores que em muitos casos são lembrados com tanto carinho pelo público evangélico por interpretar uma melodia que lhe tocou ou inspirou em momentos difíceis.

Thalles acendeu uma fogueira que vai demorar para apagar. No último domingo o cantor gravou vídeos reclamando da repercussão e polêmica, mas, quem começou foi ele, agora é o momento das consequências. O perdão é ato de Deus, mas não impede de deixar suas marcas na opinião e conceito que as pessoas têm a respeito de alguém que admira (ou admirava). Que sirva de lição para líderes que usam a posição que tem para soltar farpas.

O pastor Silas Malafaia se referiu ao caso com uma opinião que faz sentido, o perdão. É importante perdoar e deve ser aplicado neste caso. Mas o que vem depois é sua opção e cabe uma boa avaliação: Continuar prestigiando o cantor ou não? Esta resposta você é quem deve dar. Thalles se desculpou, é um ponto positivo para ele, agora você deve avaliar as atitudes seguintes. Lembre-se, há uma lista infinita de cantores e ministérios, você é quem escolhe quem deve prestigiar.

Com informações de | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates