quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Preconceito contra negros faz igreja montar cartilha de sobrevivência a abordagens policiais

A cartilha foi elaborada em resposta a episódios recentes de violência policial contra americanos negros
Quem acha que os Estados Unidos, por ser referência em muitas áreas, é exemplo por tudo que faz está enganado. No último domingo de julho, os fiéis de uma tradicional igreja de maioria negra em Washington não receberam apenas bênçãos e lições sobre a Bíblia: cada um voltou para casa com um guia com "dez regras para sobreviver se for parado pela polícia".

Impressa no folheto com a programação do culto, a cartilha entregue pela Igreja Batista Shiloh foi elaborada em resposta a episódios recentes de violência policial contra americanos negros que ganharam repercussão internacional.

Um dos casos, a morte do jovem Michael Brown em Ferguson (Missouri), completou um ano no domingo e foi relembrada em protesto que terminou com 150 detidos e um homem baleado pela polícia.

O guia distribuído na igreja orienta os fiéis a manter a calma e evitar o confronto com policiais em qualquer circunstância, mesmo quando acharem que seus direitos foram violados. "Lembre que sua meta é chegar em casa em segurança", diz o segundo 'mandamento' do texto.

Responsável pela iniciativa, o pastor Thomas Bowen diz à BBC Brasil que agiu para evitar que casos como o de Michael Brown e Sandra Bland se repitam.

Abordado após furtar cigarrilhas, Brown – que estava desarmado – morreu após levar seis tiros durante uma briga corporal com um policial branco. Já Sandra Bland foi encontrada morta em uma prisão do Texas três dias após ser parada por um policial por uma infração leve de trânsito. Ela se recusou a apagar o cigarro, o que levou o agente a forçá-la a sair do carro e ameaçar queimá-la com seu aparelho de eletrochoque.

Bowen afirma que, ao publicar a cartilha, queria que os membros da igreja – em sua maioria sexagenários – a "levassem para casa, mostrassem aos netos e vizinhos, quem sabe a pusessem na geladeira". Seu objetivo era estimular que as famílias conversassem sobre os riscos de abordagens policiais.

Dez regras para sobreviver se for parado pela polícia

1. Seja educado e respeitoso se parado pela polícia. Mantenha a boca fechada.
2. Lembre que sua meta é chegar em casa em segurança. Se sentir que seus direitos foram violados, você e seus parentes têm o direito de fazer uma queixa em sua jurisdição policial.
3. Em nenhuma circunstância discuta com a polícia.
4. Sempre lembre que tudo que disser ou fizer pode ser usado contra você na Justiça.
5. Mantenha suas mãos à vista e se certifique de que a polícia pode vê-las o tempo todo.
6. Evite o contato físico com a polícia. Não faça nenhum movimento súbito e mantenha as mãos longe dos bolsos.
7. Não corra, mesmo que tenha medo da polícia.
8. Mesmo se acreditar que é inocente, não resista à prisão.
9. Não se pronuncie sobre o incidente até se encontrar com um advogado ou defensor público.
10. Fique calmo e mantenha o controle. Cuidado com as palavras, linguagem corporal e emoções.

Com informações de G1, BBC | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates