quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Globo corta cena de novela para fugir de mal-estar com evangélicos

Emissora vem sofrendo rejeição do público.
Para fugir de mais um mal-estar com evangélicos, a Globo decidiu cortar uma sequência da novela das sete, “I Love Paraisópolis”. Conforme noticiado pelo Pátio Gospel uma adolescente seria apedrejada por evangélicos na saída de um terreiro de umbanda.

Inspirada em fato real, a cena, que iria ao ar na segunda-feira (12), foi substituída por um atropelamento mal explicado, que deixou a garota, Lilica (Thainá Duarte), com um corte na testa. O roteiro do capítulo original, indicava que Lilica e sua mãe, Deodora (Dani Ornellas), apareciam voltando do centro de umbanda, na favela de Paraisópolis, onde a garota passaria por um ritual de iniciação, e seriam abordadas pelos radicais. “Sua macumbeira! Não tem vergonha, não? Vai pro terreiro fazer despacho e ainda leva a filha!”, gritaria um deles. “Nós vamos fazer justiça, em nome de Jesus!”, diria outro, antes de arremessar a pedra.

A cena que iria ao ar na novela das 19h, lembraria o caso de uma garota de 11 anos que foi apedrejada ao deixar um centro de candomblé no bairro da Penha, no Rio de Janeiro, em junho deste ano. Na ocasião, a avó da menina contou que os agressores teriam gritado ofensas contra a religião delas antes de arremessar a pedra.

A mesma ordem de acontecimentos foi escrita na sequência que estava prevista para ser exibia em “I Love Paraisópolis”. No lugar da cena “polêmica”, Lilica sofreu um acidente que nada acrescentou ao andamento da trama, e o batismo no centro de umbanda foi substituído por uma consulta ao dentista.

De acordo com o jornalista Daniel Castro, a decisão de censurar a cena foi da alta cúpula da Globo. Os executivos da emissora carioca ficaram temerosos de a sequência parecer uma provocação gratuita aos evangélicos justamente em um momento em que a emissora tem tido dificuldades para vencer a novela bíblica da Record “Os Dez Mandamentos”, e vem sofrendo rejeição por temáticas mais ousadas em suas novelas das nove.

Por meio de assessoria de imprensa, a Globo preferiu não entrar em detalhes sobre o motivo pelo qual a sequência não foi exibida. “A trama dos personagens se desenrola atendendo a decisões dramatúrgicas e artísticas”, declarou o departamento de comunicação.

Vale lembrar, que no início do ano a Globo já sofreu grande rejeição dos evangélicos por causa dos enredos ousados de “Babilônia”, que chegou a sofrer boicote na ocasião. Agora, a decisão foi tomada para evitar uma possível situação semelhante.

Com informações de TV Foco | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

I Love Paraisópolis

evangélica

apedrejada
Globo
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates