terça-feira, 27 de outubro de 2015

Menino de 12 anos é mantido acorrentado em igreja à espera de exorcismo

O garoto ainda não se comporta normalmente e já inclusive quebrou cadeados.
Até onde pode levar o desespero de uma mãe? No caso de uma família peruana que vive na pequena cidade de Tarapoto circula com bastante choque a notícia de que Deisith Tapulima amarrou seu filho em uma Igreja Católica. O motivo seria que a criança de 12 anos estava possuída pelo demônio e precisava de ajuda.

Segundo a mãe, a história não é nova. Há dois anos que seu filho, segundo suas próprias palavras, “age como um animal que mal consegue falar e que muitas vezes foge de casa”. Por isso, ela acredita que o problema é espiritual.

Dany, a criança, ficou durante dias acorrentado a uma igreja esperando que alguém o exorcizasse. Segundo a mãe, as correntes servem para que ele não fuja, pois em sua última fuga precisou de cinco homens para ser contido.

O atendimento dos religiosos, porém, não mudou muito a situação da criança. Como continuou se comportando da mesma maneira, ficou acorrentado no mesmo local para que os monges orassem por ele três vezes ao dia.

As pessoas afirmam que os padres dizem que não sabem quando soltarão o menino das correntes. Isso porque, segundo eles, o garoto ainda não se comporta normalmente e já inclusive quebrou cadeados e correntes com uma força surpreendente para alguém de seu tamanho.

Com informações de Yahoo | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Palavra

Palavra

Palavra
Palavra
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates