quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Jovem morre após cortar a língua e esperar cura por deusa

deixa mulher e dois filhos.
Sacrifício à deusa deixou órfãos mulher e dois filhos.
Para o Hinduísmo, as pessoas possuem um espírito indestrutível e a trajetória desse espírito depende das nossas ações, pois toda ação corresponde uma reação, morrendo e revivendo até atingirmos a libertação final. Com o intuito de chegar mais próximo desta libertação um pai de família indiano morreu após cortar a própria língua.

O caso aconteceu na aldeia Kharhata, no norte da Ìndia, durante as festividades do Navratri, dedicado à deusa Durga – entidade que representa o triunfo do bem sobre o mal. Deepak estava em jejum há alguns dias e ficou inconsciente no templo onde rezava. Em transe, os outros participantes do ritual não perceberam a situação e o homem permaneceu no local pelo menos durante cinco horas. Quando finalmente perceberam a gravidade do cenário os fiéis oraram pela vida dele e aguardaram a cura.

Em vez de levar o homem ao hospital, a família de Deepak tentou “ressucitá-lo” cantando hinos e orações hindus. “Continuamos rezando até as 4 da manhã, esperando que Devi [deusa hindu] manteria a vida no corpo do meu filho”, disse o pai do rapaz, Sukhdeo, ao Mail Online. “Quando isso não aconteceu, eu soube que a deusa deu a Deepak um lugar em seus pés de lótus.”

Como o homem não acordou o pai concluiu, de acordo com a filosofia da religião, que ele não morreu, a entidade o recrutou em seu favor. "Foi um sacrifício supremo que meu filho realizou”, afirmou, sem nenhum tipo de emoção aparente. “Ele apenas deixou o seu corpo mortal. Se Devi pedir outro sacrifício, eu com certeza irei atender.”

Essa foi a mais recente morte causada por sacrifícios religiosos na Índia. Recentemente, Rajkumar Vishwakarma, de 32 anos, morreu pelo mesmo motivo em um templo na região de Madhya Pradesh. Ele chegou a ser atendido em um hospital, mas não resistiu.

Em 2014, um garoto de 17 anos chamado Lal Mohan Soren faleceu após mutilar a própria língua em devoção a Shiva. Situação semelhante aconteceu em 2008 com Ghanshyam Kori, de 45, que na época recusou ser hospitalizado alegando "ter fé nos deuses".

Com informações de Yahoo | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

jovem corta a língua em ritual

sacrifício

hinduísmo
morte
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates