sábado, 14 de novembro de 2015

Porque terroristas do Estado Islâmico crescem e matam em nome de Deus

Porque Estado Islamico mata
Estado Islâmico: Vidas são destruídas e caos em nome de Deus.
Evangélicos, católicos e praticamente todos os cristãos têm a Bíblia Sagrada como o livro que se inspiram para tomar decisões na vida e seguir o caminho que entendem ser a vontade de Deus. Acontece que ao mesmo tempo que você lê em 1º João 3:16 "Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos", no Alcorão, os seguidores de Maomé leem "Os incrédulos, serão cobertos com vestimentas de fogo e lhes será derramada, sobre as cabeças, água fervente, a qual derreterá tudo quanto há em suas entranhas, além da totalidade de suas peles", (Capítulo 22:19 e 20).

Com base em versículos como esse, grupos extremistas, que levam a mensagem ao pé da letra, estão crescendo e matando cada vez mais em nome de Deus. Como no massacre de Paris, que matou 127 pessoas e feriu 300 na noite de sexta-feira (13/11/2015). Os ataques foram confirmados pelo grupo que se denomina Estado Islâmico.

O grupo tem como líder Maomé. Segundo a história, em 610 AD (Anno Domini) Maomé alegadamente encontrou-se com o Anjo Gabriel numa gruta fora de Meca. A partir daí, teve início o processo da sua alegada recepção de revelações divinas provenientes de Deus para transmissão à humanidade, que virou o alcorão. Maomé começou como um modesto e relativamente pacífico pregador e passou a ser um auto-radicalizado profeta da guerra, do assassínio em massa, do terror, da tortura, da violação, e do abuso de menores.

O Estado Islâmico usa esses fundamentos ao pé da letra para matar quem se volta contra eles ou simplesmente porque não se curvam a Maomé. É como uma igreja forçar um texto bíblico, como por exemplo o que está em Deuteronômio (21: 18 a 21): "Se um homem tiver um filho obstinado e rebelde que não obedece a seu pai nem à sua mãe e não os escuta quando o disciplinam, o pai e a mãe o levarão aos líderes da sua comunidade, à porta da cidade, e dirão aos líderes: 'Este nosso filho é obstinado e rebelde. Não nos obedece! É devasso e vive bêbado. Então todos os homens da cidade o apedrejarão até à morte.'" (versão NVI). Se lermos estes versículos sem nenhum contexto histórico e bíblico, vamos chegar a conclusão errônea de que a Bíblia manda matar crianças desobedientes.

Abu Bakr Al-Baghdadi, autodenominado califa do Estado Islâmico, aparece em vídeo publicado pelos jihadistas (Foto: AFP/Al Furqan Media).
Com base forte, ideologia e sofisticação militar o grupo vai além de tudo que o mundo já viu. Os Estados Unidos consideram o Estado Islâmico muito mais ricos que a rede terrorista Al-Qaeda. Outra inovação é o pagamento para os combatentes. Segundo uma reportagem da revista "The Economist", cada guerrilheiro que luta em nome do grupo recebe um salário de US$ 400 mensais, valor bem superior ao que grupos jihadistas iraquianos ou que o Exército sírio paga a seus combatentes. Além de uma contribuição mensal, os militantes recebem dinheiro ao se casar, para ajudá-los a começar uma família.

A principal fonte de recursos vem do petróleo. O grupo se apropriou de campos de produção e vende, segundo a organização Council on Foreign Relations (CFR), 48 mil barris por dia (44 mil dos campos sírios e 4 mil dos iraquianos). A venda do combustível rende US$ 1 a 3 milhões por dia.

Em resposta a esses atentados França, Estados Unidos, Russia e outros países montaram uma força de coalizão para parar o grupo. E assim o ciclo continua, em nome de Deus, os terroristas seguem em sua "evangelização" maligna, o exércitos revidam sem conseguir neutralizar o inimigo e continua a "Guerra Santa".

Com um inimigo tão difícil de vencer e cada vez mais pessoas sofrendo com o terrorismo você, concorda que este é um sinal do fim dos tempos?

Para quem deseja saber um pouco mais sobre o Estado Islâmico o Pátio Gospel disponibiliza abaixo um vídeo divulgado pelo Fantástico (TV Globo) exibido em agosto de 2014:


Com informações de G1, Perigo Islâmico, Raciocínio Cristão | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Estado Islâmico

morte

França
terrorismo
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates