terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Evangélicos apóiam saída de Dilma

Enquanto o processo de Impeachment se desenrola aos olhos do público, os partidos vão indicando seus representantes para a comissão que analisará o processo. Caberá a eles selar o destino da presidente Dilma Rousseff.

Se em 2010 ela teve apoio de vários membros da bancada evangélica para se eleger, agora a situação é bem diferente.  O Partido Social Cristão (PSC) indicou os deputados Pastor Marco Feliciano e Eduardo Bolsonaro, ambos de São Paulo.

Aliado do presidente do Congresso, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o líder do PSC, André Moura (SE), foi o responsável pela indicação. Ambos devem acompanhar a orientação de Moura e votar favoravelmente ao impedimento da petista. Na suplência ficaram os deputados Irmão Lázaro (BA) e Marcos Reategui (AP).

O deputado Marco Feliciano comemorou a indicação em seu perfil no Facebook. “Será uma grande batalha. Hoje não temos os votos necessários, mas trabalharei, me esforçarei e conto com a ajuda de todos os que querem um Brasil melhor, sem Dilma e sem PT”, escreveu.

Depois de cerca de uma hora, a postagem teve mais de 20 mil curtidas e os comentários mostram que o eleitorado de Feliciano é favorável ao impeachment.


Com informações de Gospel Prime| Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.

Palavra

Palavra

Palavra
Palavra
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates