quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Pastor mata líder de igreja que estaria tirando membros da sua congregação

Covardia: Mandante do crime fugiu após apedrejar vítima.
O crescimento da igreja da pastora e professora da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) Marcilene Oliveira Sampaio, teria incomodado o Pastor Edmar, que atua em Vitória da Conquista, no Centro-Sul da Bahia. Com o esvaziamento da igreja e os recursos cada vez mais escassos o pastor teria apelado para uma saída nada Cristã, a morte.

O Pastor Edmar foi reconhecido tanto pelo marido da vítima, quanto pelos dois outros suspeitos de participar do crime. Segundo informações da polícia, Marcilene estava acompanhada da prima e do marido, quando teve o veículo abordado por dois homens. O marido foi espancado várias vezes sob ameaça de uma arma de fogo, mas durante o trajeto, o marido da professora conseguiu provocar um acidente e fugiu. 
Marcilene e a prima ficaram em companhia do outro suspeito e de um homem conhecido como Pastor Edmar. As duas mulheres foram então assassinadas por Adriano e pelo Pastor a golpe de pedradas. 

Os executores foram presos e afirmaram que o mandante do crime seria mesmo o Pastor Edmar, que permanece foragido. A polícia informou também que uma testemunha afirmou ter visto o pastor bebendo em um bar antes do crime.  A Polícia Civil realiza diligências para localizar o pastor.

Após ficar foragido o pastor foi preso na terça-feira (26), mas negou tudo.


Com informações de Correio 24 Horas | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.
Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário :
Postar um comentário


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates