domingo, 26 de março de 2017

Pastor usa bolo ungido para "libertar" homossexual

bolo ungido

O pastor Lance Wallnau, afirmou que um homossexual foi “liberto”, após comer um bolo ungido, preparado por ex-prostitutas que também haviam sido libertas.


Esta declaração foi feita durante uma transmissão ao vivo pelo Periscope, quando uma seguidora pediu para que o pastor da igreja orasse por seu filho gay. Como resposta, Wallnau sugeriu que poderia ajudar com um “bolo ungido”, logo em seguida ele contou um “testemunho”, sobre o dono de um bar que era homossexual, segundo publicou o The Christian Post.

“Em seu bar havia várias ex-prostitutas que haviam sido salvas”, contou Wallnau a seus seguidores nas redes sociais, apontando que isso foi possível graças a um homem que frequentava o local.

Depois disso, o pastor disse que quando o dono do bar comeu o bolo, “o poder de Deus o atingiu.” Então o homem disse que tinha vivido “uma experiência estranha” ao comer o alimento e sentiu a “presença de Deus”. Finalmente, o homem foi batizado concluiu Wallnau.

Bolo ungido no Brasil

A campanha do bolo ungido já foi realidade no Brasil. O Missionário R. R. Soares já implantou a campanha em seus cultos.



Com informações de Portal Padom | Pátio Gospel Notícias
Seja ético, cite sempre a fonte.
Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Esses líderes ungidos com óleo de peroba de seitas evangélicas não sabem mais o que inventar.

    ResponderExcluir


Rodas de Conversas
Copyright © 2009 - 2015 Patio Gospel Notícias
Design by FBTemplates - Traduzido Por: Templates